Mandic Wiki

utilidadesatendimento

Como utilizar o MTR no Linux?

SIGNIFICADO MTR:  Meu TraceRoute. 

 

O MTR é uma ferramenta de diagnóstico da rede que combina as funcionalidades dos comandos ping e traceroute.


Ao iniciar, o MTR investiga a conexão de rede entre o computador local, em que ele está sendo executado (host) e o outro, indicado pelo usuário (hostname) — enviando pacotes com TTLs propositadamente baixos. Ele envia os pacotes continuamente e registra os tempos de resposta dos roteadores intervenientes. Isto permite exibir os percentuais e tempos de respostas da rota, via Internet, até o destino.


Um repentino aumento na quantidade de pacotes perdidos ou no tempo de resposta é um indicador de que há um link ruim ou apenas sobrecarregado na rota. O MTR trabalha enviando pacotes ICMP e incrementa o valor do TTL até encontrar uma rota entre a fonte (onde ele é executado) e o destino.

 

Ao combinar o uso do ping com o traceroute, se torna uma ferramenta poderosa para diagnosticar a sua rede.


Utilizando na Plataforma LINUX

 

Sua máquina precisa possuir o MTR instalado, caso não possua, baixe-o com o seguinte comando:

 

Para máquinas com Sistema Operacional CENTOS:

 

          yum install mtr

 

Para máquinas com Sistema Operacional UBUNTU ou DEBIAN:

 

          apt-get install mtr

 

 

Depois de instalado. Para efetuar o teste, digite o seguinte comando:

 

          mtr IP ou dominio

 

 

No exemplo abaixo, estamos em uma máquina com Sistema Operacional CENTOS e iremos efetuar o teste para o site da Mandic.

 

1

 

O resultado será semelhante á este:

 

2

 

 

Analisando o resultado

 

3

 

 

Para termos uma melhor precisão no diagnóstico, é necessário que o MTR execute esta ação por 15 minutos.

 

Caso tenha aberto um chamado com o tema "LENTIDÃO", é necessário efetuar este teste, deixe executar por 15 minutos e anexe o resultado no chamado.